Além dos cookies do Google, este blog usa cookies de outros sites. Veja na Política de Privacidade.


24/06/2014

Saiba fugir do transtorno na hora da mudança






Por Maristela Duarte Silva, estudante de Jornalismo

Mudar de cidade ou até mesmo de bairro pode tornar-se uma grande dor de cabeça. Preços exorbitantes, dificuldades com objetos e até mesmo falta de profissionalismo de algumas empresas, dificultam e muito o transporte de bens materiais.


Em diversas ocasiões, contratar uma empresa de fretamento é a melhor opção, já que poupa esforço dos clientes. Quando a mudança envolve pouca mobília, muitos acreditam que não vale a pena contratar o frete, já que a quantidade de móveis não enche um caminhão inteiro. Nesse caso, buscar um “frete compartilhado” é a solução apropriada.
Utilizar os mecanismos da internet podem poupar tempo para quem busca por uma transportadora nesse trâmite. Através da uShip, por exemplo, é possível não só contratar o serviço, mas também receber propostas de diferentes transportadoras e analisar quem atende melhor à sua necessidade, tanto em termos monetários quanto ao tempo para entrega.

Meio ambiente agradece

Diversas transportadoras oferecem o serviço, que consiste em aproveitar o espaço que está sobrando algum caminhão que fará a mesma rota que o cliente necessita. Assim, além de economizar com o frete, o usuário também colabora com o meio ambiente, já que uns de seus serviços ajudam a diminuir a quantidade de veículos de grande porte que circulam e emitem CO2.
Por meio de ferramentas on-line é possível verificar quanto dióxido de carbono é emitido por um veículo em um ano e até mesmo a quantidade de árvores que deveriam ser plantadas para neutralizar essa poluição. Com essa base, podemos notar o quanto o uso excessivo de caminhões de carga é prejudicial ao meio ambiente, tornando mais caótico o trânsito nas grandes metrópoles.

Decorando com estilo

Além do transporte, quando uma mudança ocorre é necessário preocupar-se com a decoração do novo lar ou escritório, analisando como adequar os móveis antigos ao novo espaço. Também pode ser necessário comprar alguma mobília nova, uma vez que o local novo pode ter dimensões diferentes das apresentadas pelo anterior.
Uma boa ideia para adequar a decoração ao novo ambiente é contar com a ajuda de um arquiteto de interiores, que irá avaliar as necessidades do cliente e seu orçamento antes de sugerir projetos para decorar o local.
Caso a pessoa seja criativa e utilize o seu próprio estilo de decoração, é possível investir em produtos ecológicos, reciclando mesas e até transformando caixotes em móveis úteis. Quem tem filhos, pode incluí-los no processo, aproveitando a criatividade e a disposição dos pequenos para ajudar na decoração. Veja alguns tipos de reciclagem que prometem dar certo:
·         Empilhar caixotes de madeira e sobrepor um vidro pode ser uma bela mesa;
·         Caixas de madeira com almofadas macias e coloridas para sentar;
·         Molduras de espelhos velhos podem ser utilizadas em quadros.
No final, falando sobre transporte ou decoração, o que vale a pena é pensar nas próprias necessidades e condições, priorizando sempre seu bem-estar físico e mental, para assim poder curtir o novo ambiente de trabalho ou lar.










Nenhum comentário: