Além dos cookies do Google, este blog usa cookies de outros sites. Veja na Política de Privacidade.

22/08/2011

Cuidado com os e-mails apelativos




 Eu sempre desconfiei desses e-mails apelativos onde é solicitado a você para que repasse a mensagem para todos os seus amigos ou para todos os contatos de sua lista. Exemplo desses e-mails são os de crianças desaparecidas ou doentes. Pode até haver algum verdadeiro mas tem que ser bem verificado antes.

Image: renjith krishnan / FreeDigitalPhotos.net


Recentemente, sobre este assunto, recebi um e-mail confirmando a minha desconfiança. Um funcionário do comitê de segurança da empresa onde  trabalha, que tinha como uma de suas atribuições verificar estes tipos de e-mails, constatou num período de verificação de mais de dois anos   que, dentre uma quantidade expressiva recebida, apenas um era verdadeiro. O mais recente recebido foi um como tendo sido enviado pelo Banco Santander, onde constava na mensagem que o banco estaria recrutando pessoas com deficiência física para trabalhar. Então, para verificar a veracidade da mensagem, ele acessou o site do banco e encontrou uma janelinha pop-up , onde era desmentida a notícia. Um outro caso foi o do banco de olhos em Sorocaba que estaria solicitando córneas. O funcionário apurou que, embora o hospital exista,  não procedia a informação. Ele ligou e falou com a direção do hospital.
Então, o objetivo das maioria desses e-emails seria a de obter listas de endereços para usos diversos, tais como a de venda destas listas  e a dissiminação de vírus e spams.

 Recomendações
Para evitar o problema recomendam que, se você quiser mesmo repassar alguma mensagem desse tipo, reflita, analise e cheque tudo antes, senão, não repassar. Se for reenviar, retirar os nomes e e-mails por onde a mensagem já passou e o nome de quem enviou para você também.  Recomendam ainda: "quando for enviar mensagem para mais de uma pessoa, não preencha o "PARA" (to) e nem o "CC" (cc:). Envie com o "CCO" (CÓPIA DE CARBONO OCULTA/COM CÓPIA OCULTA), onde não aparecerá o endereço eletrônico de nenhum destinatário.Pedem para que esse trecho, que aparece entre aspas,  conste em seu e-mail como recomendação para que a pessoa, para a qual você esteja repassando a mensagem, proceda da mesma forma.

Agindo assim, estaremos contribuindo para livrar a Internet de malwares, spammers e outras inconveniências.











Nenhum comentário: