Além dos cookies do Google, este blog usa cookies de outros sites. Veja na Política de Privacidade.


29/04/2011

Parcelamento de débitos no Imposto de Renda




Você pode parcelar alguns de seus débitos do Imposto de Renda, principalmente os originados em Ganhos de Capital, que, geralmente são maiores. Só é possível negociar o parcelamento após ter transmitido a Declaração e , nos casos de Ganhos de Capital, a importação dos dados com o campo "Imposto Pago" em branco. Veja como fazer:
Image: FreeDigitalPhotos.net



1. Acesse no site da Receita Federal, "Cidadão - Parcelamento de débitos "
2. Clique em
"Parcelamento Simplificado de débitos (exceto de Contribuições Previdenciárias, para pagamento de débitos cujo montante não seja superior a R$ 500.000,00)"
3. Clique em "Obtém Código de Acesso" e, depois, em "Obtém código de acesso Pessoa Física;
4. Preencha os campos com os dados solicitados, clique em Continuar e anote o código;
5. Clique em "Retornar";
6. Clique em "Parcelamento Simplificado";
7.No caso de Pessoa Física, clique em CPF e , no caso de Pessoa Jurídica, em CNPJ;
8. Preencha os campos com os dados solicitados;
9. Clique em "Continuar";
10. Clique em "Negociação do Parcelamento (Discriminação dos Débitos a Parcelar)";
11. Leia a "Declaração de Inexistência de Depósito Judicial" e a "Autorização para Publicação" e se, concordar, clique em "Sim";
12. Analise os débitos relacionados para o seu CPF  e marque os quadradinhos referentes aos que quer parcelar e informe os dados solicitados;
13. Emita o DARF, providencie o pagamento e aguarde o processamento

Atenção: a condição para a aprovação do parcelamento é o pagamento da primeira parcela dentro do prazo.


Atualizado em 17/04/2016.









Nenhum comentário: